Bella Blog

5 mitos sobre a saúde íntima feminina que você precisa esquecer

Meninas, hoje quero falar sobre 5 mitos sobre a saúde íntima feminina que você precisa esquecer. Desmistificar essas ideias é fundamental para promover uma compreensão mais precisa e cuidadosa da saúde íntima das mulheres. Afinal, muitas dessas ideias são divulgadas sem qualquer embasamento científico e podem, inclusive, prejudicar a saúde feminina

Dra. Isabella Donato

Olá, queridas Pepekitas!

Muitas alunas costumam enviar dúvidas sobre os mitos mais comuns que envolvem a saúde íntima. Por isso, decidi escrever este artigo para esclarecer essas questões e ajudá-las a ter uma compreensão mais precisa e cuidadosa da saúde íntima feminina. Afinal, muitas dessas ideias são divulgadas sem qualquer embasamento científico e podem, inclusive, prejudicar a saúde das mulheres.

1 - O uso de absorventes internos é prejudicial à saúde íntima

Esse é um mito que circula há muito tempo e que precisa ser esclarecido. O uso de absorventes internos não é prejudicial à saúde íntima, desde que sejam usados corretamente e trocados com frequência adequada. É importante lembrar que, durante o ciclo menstrual, a vagina já está naturalmente preparada para receber sangue, então não há motivo para se preocupar.

Evite usar fio-dental todos os dias, Além de ser desconfortável ele ajuda a levar bactérias do ânus para a ppk. Deixe somente para as ocasiões especiais.

Utilize somente roupas limpas, higienize bem a mãos com sabão de coco neutro orgânico. Evite Sabão com excesso de química (um boa opção são os de bebê).

2 - Sexo oral não transmite doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

Esse é outro mito que precisa ser esclarecido. O sexo oral pode sim transmitir DSTs, como herpes genital, HPV e gonorreia. Por isso, é importante usar preservativos e fazer exames regularmente.

3 - O uso de sabonetes íntimos é essencial para manter a higiene

Esse é um mito que já foi muito difundido, mas que hoje sabemos que não é verdade. O uso de sabonetes íntimos pode até mesmo prejudicar a saúde da região íntima, pois altera o pH natural da vagina e pode causar irritações e infecções. Água e sabão neutro são suficientes para manter a higiene.

4 - Mulheres que nunca tiveram relações sexuais não precisam ir ao ginecologista

Esse é um mito muito perigoso, pois todas as mulheres precisam ir ao ginecologista, independentemente de já terem tido relações sexuais ou não. O ginecologista é o profissional capacitado para fazer o acompanhamento da saúde íntima feminina, realizar exames e diagnosticar problemas precocemente.

5 - A depilação total é mais higiênica

Esse é um mito que vem ganhando força nos últimos anos, mas que não é verdade. A depilação total pode até mesmo prejudicar a saúde da região íntima, pois aumenta o risco de infecções e irritações. Além disso, os pelos púbicos têm uma função protetora e ajudam a manter a região íntima saudável.

É importante ficar atenta aos mitos que circulam sobre a saúde íntima feminina e buscar informações confiáveis e embasadas em evidências científicas. Cuidar da nossa saúde íntima é essencial para uma vida saudável e plena. Cuide-se!

Beijo Pepekita!

Isabella Donato

TERMOS DE USO

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE

SITE SEGURO

icons-siteseguro

2021 © Dra. Isabella Donato. Todos os direitos reservados.
BELLADON LTDA CNPJ 20.667.350/0001-13

Este site não é afiliado ao Facebook ou a qualquer entidade do Facebook. Depois que você sair do Facebook, a responsabilidade não é deles e sim do nosso site. Fazemos todos os esforços para indicar claramente e mostrar todas as provas do produto e usamos resultados reais. Nós não vendemos o seu e-mail ou qualquer informação para terceiros. Jamais fazemos nenhum tipo de spam. Se você tiver alguma dúvida, sinta-se à vontade para usar o link de contato e falar comigo.